como criar um site

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Timidez tem cura?


Timidez, esse comportamento que tanto prejudica as pessoas tem sido analisado de uma maneira confusa para os interessados no assunto. Muitos afirmam: timidez não é doença, saiba como se curar! Ora, se não se trata de uma doença, necessariamente não há uma cura, então para que fazer propaganda enganosa?

Ser tímido não significa exatamente ser diferente das demais pessoas. A minha própria experiência como tímido convicto me oferece elementos diferenciados daqueles que não o são e, portanto, ficam pregando invencionices com bases em pesquisas e testes de cuja origem duvido, além de sua eficácia.

A pessoa tímida precisa compreender a si mesma, deixando de ser uma escrava perante o modismo predominante do momento. Milhões de pessoas têm um certo grau de timidez, umas mais acentuadamente prejudiciais que outras, e à estas que precisamos estar atentos. Quando a timidez leva a pessoa a um quadro de depressão, fundamentada em seguidas frustrações por "não ser igual" a seus amigos, deve-se recorrer a um especialista. Somente um profissional da medicina mental poderá ser de profunda utilidade para melhorar a qualidade de vida do "extremamente tímido".

Tenho, em minhas palestras, me focado no tema ansiedade, que acredito ser a "mãe" da timidez. É só verificarmos uma pessoa tímida que está tendo que se expor a uma situação diferente daquele conforto emocional a que está escudada: qual o primeiro sintoma que aparece? Muitos responderiam qúe é o medo, pode ser em alguns casos, mas vamos raciocinar como tímidos. Nessa situação de exposição o medo vem precedido de outro "ingrediente" indesejado: a ansiedade, sim, é exatamente a ansiedade que trás o medo, e esse o pânico. Portanto, ao sentir-se demasiadamente exposta, a pessoa tímida desenvolve certa ansiedade que alavanca uma série de sentimentos confusos, além de provocar o medo, a consequente frustração chegando, facilmente, à depressão.

Uma boa saída para essas crises de ansiedade provocadas por situações constrangedoras aos tímidos é a prática da yoga, normalmente baseada em exercícios físicos e meditação. Com o tempo, e a prática constante da meditação em geral as pessoas ficam mais tranquilas, sentem-se mais leves. Outra dica é não ficar encucando antecipadamente o que irá acontecer no dia em que... sabem, essa coisa premonitória, aumenta dez vezes o estado de ansiedade. Ao chegar o dia marcado para uma apresentação em público, um encontro especial, o tímido estará tão ansioso que poderá entrar num estado de "surto" fóbico, querendo sair daquela situação imediatamente. Portanto, não fique contando os segundos para esses "dias especiais", apenas deixe que ele chegue.

Por hoje é só, voltarei com mais dicas, aguardem!
Abraços

Clique no botão abaixo e adicione o Timidez To Fora aos seus favoritos!

Valeu galera bonita!


Artikel Terkait:

38 comentários:

Taís disse...

Eu já fui muito tímida na adolescência mas os meus pais me ajudaram a superar essa fase com muito dialogo e troca de ideias
Beijos

blog3x disse...

Olá Aurelio (lelo) Martuscelli
Gostaria de fazer parceria com
“Timidez To Fora”
A estratégia mais eficiente para obter um aumento de audiência é por meio de parcerias.
E o tecno3x tem como escolha a trocas de banners ou links.
Escolha uma das opções
1°Link
http://www.tecno3x.blogspot.com
2° Banners

Copie o código
______________________________________________________________________
O codigo foi enviado para o seu email
______________________________________________________________________

Se possível Gostaria que você escolhece a 2° opção a de banner
O seu blog esta adicionado em nossa pagina na ária de parceiros
Esperaremos resposta dentro de 48 horas.
Tenha um ótimo final de semana.

Lelo disse...

Olá Taís!
Isso mesmo, o diálogo franco promovido pelos pais com as crianças desde logo cedo, ajudam e muito nas dificuldades pelas quais, no futuro, possam ter que enfrentar.
Beijos

Lelo disse...

Olá Blog3x!
Combinado rapaziada, já tá lá eheeh
Abraços

Jonathan disse...

Acho q para enfrentar a timidez, depende mto da propria pessoa tbm. Ela tem q sentir a necessidade de mudar.Como esta acontecendo comigo.

Lelo disse...

Olá Jonathan!
Somente nós mesmos sabemos o que nos incomoda, onde dói. Mas para aqueles que querem mudar realmente, as possibilidades de êxito são bem maiores daqueles que insitem no erro esperando resultados diferentes. Ou, ainda, aqueles que acham que nasceram assim mesmo, ou ficaram assim por causa disso ou daquilo e, portanto, nada fazem.
Resumiu, em poucas palavras, o conteúdo do artigo.
Forte abraço

carol disse...

sou bem na minha qdo n conheço a pessoa,mas depois descontraio.Brigada pelo voto e coments no meu blog.bju

Anônimo disse...

eu sou muito timido quando faco algo tenho vergonha de me expor!
trabalho de escola eu faco e nao apresento com vergonha!por isso reprovei 3 anos
e tenho vergonha de dizer a minha mae que sou timido!
acho que preciso de tratamento sei la pscologo
eu nao olho nos olhos das pessoas quando falo
e hoje nem vou pra escola com vergonha e muito serio meu caso@

Lelo disse...

Olá amigo anônimo! Até entendo o motivo de não querer expor seu nome, mas pense bem: não é mais legal podermos tratar as pessoas pelo menos com seu apelido na internet?
Olha, o que posso te dizer começa pela sua última frase "é muito sério o meu caso". Ninguém é diferente de ninguém quando o assunto é timidez, fobia social, depressão, coisas de nossa mente. Temos nossas diferenças nos diagnósticos, apenas, de resto, todos deixamos de viver com plenitude em alguns momentos, mas para que possamos passar para um patamar melhor, onde passamos a sorrir para vida e dela, precisamos de uma simples palavrinha amiga: "querer mudar".
Esse "querer mudar" é o diferencial de quem está conformado com a vida que leva, e portanto, nada faz senão resmungar pelos cantos, e aqueles que, de fato, querem mudar, ou seja, não querem mais perder seu tempo com uma vida cheia de privações e de nãos.
Mas, isso depende unicamente de você! Se você acha que precisa de ajuda, vá atrás, seja humilde, às vezes se confunde as coisas. Todos, em algum momento de suas vidas, precisam de ajuda externa. Para isso existem as pessoas amigas, a começar pela sua família. Na falta dessas, alguém com quem possa desabafar e, ainda, mesmo se não tiver ninguém para conversar sobre seu problema, ainda lhe restará a ajuda profissional.
Milhões de pessoas no mundo passam por tratamentos psicológicos e/ou psiquiátricos, portanto não será o primeiro e muito menos o último. Às vezes, a origem dessa sua timidez exagerada, digamos assim, podem haver outros elementos fóbicos fazendo sua vida um inferno. Se esse for seu caso, procure um profissional da área médica, caso não tenha recursos financeiros, vá a um Posto de Saúde e se informe, normalmente todas as cidades contém em seu quadro clínico, psicólogos e psiquiatras.

Não perca mais tempo, livre-se desse peso que carrega nos ombros o quanto antes. Basta
"querer mudar"!
Abraços e boa sorte

Sophia c disse...

Eu sou tao timida que so de ver uma pessoa me olhando ou imaginar que esta olhando eu passo mal , tenho tics nervoso , me da tontura minhas pernas ficam bambas e fico enjoada , eu quero muito uma ajuda nao consigo mudar , tenho quase 30 anos e nunca namorei ninguem nao consigo deixar que as pessoas se aproximem de mim .

Lelo disse...

Olá Sophia!
Já passei por isso também, até descobrir que tinha Transtorno do Pânico (tonturas, secura na boca, tremedeiras, medo). Só ficava bem se estivesse dentro de minha casa. Se for esse seu caso, sugiro consultar um psiquiatra! Mas, vá logo, não deixe a vida passar assim, procure ajuda, amiga! Sou outra pessoa, graças a minha vontade de querer mudar, procurei um médico, depois outro, até acertar no tratamento.

Boa sorte, Sophia!

Sophia disse...

obrigada pela ajuda :) !


Sophia

Anônimo disse...

Olá

Gostaria que alguém se possível indicasse algo além do velho método(terapia+medicamentos)pois fiz vários anos de terapia com diversos médicos diferentes e tomei quase todos os remédios existentes e até hoje não melhorei nada.
Tenho 27 anos,abandonei os estudos há 9 anos,nunca namorei e sinto vontade de me suicidar constantemente,quando ainda fazia terapia cada vez que saía do consultório minha única vontade era de ir para casa chorar,pois só o que fazem é dar conselhos prontos,por exemplo,é como se você estivesse andando na rua e um cego te pergunta onde fica um determinado lugar e você na mais pura ignorância aponta com o dedo e diz:"É logo ali".É mais ou menos assim que os psicólogos trabalham.
Enfim se houver alguma outra alternativa fora os psicólogos charlatões eu agradeço a quem possa ajudar.

Anônimo disse...

Oi
Sou um rapaz de 27 anos que nunca beijo e namoro. Sou muito timido e quero muito namora. Mais fico sem jeito de chega numa garota por não ter nenhuma experiencia. Por favor me ajudem.

Lelo disse...

Olá amigo anônimo!

Tem que haver uma primeira vez. Caso nunca tenha namorado, sugiro que procure começar pelas mulheres mais arrojadas e mais experientes. Nesses casos você só precisa seguir seus instintos.

Já, se você tem alguém em mente, procure tomar uma atitude de abordagem, não precisa ter medo. Você reparou que toda a sua vida você teve medo de perder alguém sem nunca ter tentado conseguir essa pessoa? É chegada a hora de você tomar o rumo da sua vida, ter mais confiança em si mesmo, não ter medo do que as outras pessoas vão pensar ou falar a seu respeito. A vida é sua, tome o leme dela, dirija seus passos. Não fique à deriva por causa de outras pessoas.

Dê uma olhada nesse link: copie e cole no seu navegador

http://timideztofora.blogspot.com/2009/04/timidez-timidez-nao-aguento-mais.html

Aqui, dentro desse blog, você poderá encontrar boas dicas que te ajudarão à superar a falta de confiança que tem em si. Se, mesmo assim, o amigo não conseguir dar uma guinada na sua vida, aconselho-o a procurar um psicólogo/psiquiatra. Note: às vezes, determinadas sindromes e fobias podem ser confundidas com a timidez, e nesse caso somente uma consulta com um desses especialistas podem te oferecer uma resposta às suas angústias.

No mais, desejo, de coração, que seja feliz. Rompa a barreira do medo, ouse, arrisque mais, viva mais...
Abraços

Elizabeth disse...

Sou muito ansiosa.Minha timidez acontece quando tenho que falar em público, vou me expor. Nessa hora de pânico, não consigo me lembrar das mais simples palavras que uso normalmente. Não consigo verbalizar. Me dá um branco total! Desvio o olhar para cima, ou para o lado, tentando buscar a expressão que me falta. É um "mico".

Lelo disse...

Olá Elizabeth!

Você reparou que você já está se expondo?!
É isso, amiga! Ao comentarmos com outras pessoas sobre sobre nossa timidez, parece que sua importância diminui, ou pelo menos deixa de ser um bicho de sete cabeças.

Começe por dar menos importância a ela, experimente!
Abraços

Anônimo disse...

oi meu nome é COLIN e eu sou muito timida,na escola tenho vergonha de tudo,não consigo fazer ed fisica e nen ler na frente da sala não fasso muitas amizades não consigo me defender,o unico lugar que me sinto a vontade é em casa,a timidez nunca me deixou fazer o que gosto!!!

Lelo disse...

Olá Colin

É preciso vontade para mudar essa situação. Não é fácil, porém é extremamente necessário em casos assim. Ouverm, comigo, muitas situações onde somente me encontrava abrigado e seguro era em minha casa. Convenhamos, isso está certo? Ou parece que viramos "bicho do mato", aborígenes em terra estranha?

Sugiro a você, amiguinha, que procure lermais a respeito desse transtorno chamado timidez. Aqui mesmo nesse blog, tem diversos artigos e matérias especias que tratam desse problema. Pesquise, se intere sobre o assunto. Visite outros portais. Ao ver relatadas histórias tão iguais à sua, você comecará a entender que timidez não é doença, portanto não é passível de cura.
Porém, há casos e casos, e em persistindo sua exagerada timidez, procure um profissional: psicólogo ou psiquiatra. Às vezes, Colin, o problema pode ser outro, como uma fobia social mais profunda, um transtorno do pânico (ver artigos no blog), sendo assim, somente um profissional da área poderá oferecer-lhe as respostas que você tanto almeja.
Coragem e determinação, amiga! Com esses dois ingredientes você já estará dando o primeiro passo para libertar-se, pouco a pouco, da timidez.
Boa sorte
Abraço fraterno

Anônimo disse...

OLá!

Tenho uma filha de 11 anos que tem um comportamento muito retráido fora de casa. Ela quer e tenta se aproximar e pegar amizade, mas não consegue. Hoje mesmo vi o jeitinho dela na escola, é de cortar o coração ela vai perto dos colegas, tenta se expressar, eles agem como se ela não existisse e ela desiste. Acontece a mesma coisa com as amigas aqui do condomínio onde moramos e isso que a maioria cresceu junto. Só em casa ela se expressa, até demais. É bem estressada, mandona, etc. Tenho a impressão que ela desconta aqui dentro o que não consegue expressar lá fora.
Nós somos bem carinhosos e demonstramos muito carinho e amor. Ela fala desta dificuldade comigo, aliás ela é bem transparente com a gente. Mas diz que não consegue ser diferente e sofre bastante com isso.
Temo que isso se agrave neste período de transformação por isso peço a ajuda de voces, um conselho, como devo proceder com ela?
Grande abraço

Silvia

Lelo disse...

Olá amiga!

Pela sua descrição, na escola ela pode estar sendo vítima do "bulling" [A agressão social ou bullying indireto é a forma mais comum em bullies do sexo feminino e crianças pequenas, e é caracterizada por forçar a vítima ao isolamento social. Este isolamento é obtido através de uma vasta variedade de técnicas, que incluem:
espalhar comentários;
recusa em se socializar com a vítima
intimidar outras pessoas que desejam se socializar com a vítima
criticar o modo de vestir ou outros aspectos socialmente significativos (incluindo a etnia da vítima, religião, incapacidades etc).]

Para esse caso, seria aconselhável você conversar com a pedagoga e professores - que são os responsáveis, dentro daquele ambiente - informando-lhes o mesmo que me relatou aqui.

Já com relação ao condomínio, fica a dúvida, se o comportamento de sua filha tenha sido afetado pelo assédio (bulling) que ela vem sofrendo na escola, e tal fato estar influenciando negativamente em sua socialização com outras crianças do condomínio.

Para se ter certeza de que o encaminhamento da questão seja correto, seria muito aconselhável que você levasse sua filha para uma avaliação psicológica. Vai ser de muita utilidade para chegar-se à uma conclusão mais efetiva.

Desejo êxito nas escolhas e nas soluções!
Abraço fraterno

Anônimo disse...

Tenho 20 anos, sou extremamente timido... Eu gostaria d manter contato com outras pess q tbm são muito timidas. Sei lá, montar um grupo no msn, para discutir esse assunto, trocar experiencias... Enfim manter contato. Acabei d criar esse Orkut so para add pess timidas http://www.orkut.com.br/Main#Home.aspx?hl=pt-BR&tab=w0 Vcs estão todos convidados!! Abraço!!

Lelo disse...

Olá amigo anônimo!

Parabéns, aplaudo sua iniciativa. São atitudes como essa sua que definem o exato momento em que a pessoa quer, de fato, mudar algo em relação à sua timidez e sua vida, consequentemente.

Além do mais, é sabido que em grupos homogêneos (o mesmo assunto, por exemplo), podem estimular as conversas, os papos mais íntimos, etc. Todo esse clima favorece maior liberdade de expressão, o que pode e deve deixar seus participantes mais à vontade.
Boa sorte, se precisar de alguma dica, estamos por aqui.
Sucesso, abraço

Anônimo disse...

socorro nao sinto amor, nao sinto saudade, nao sinto vida, so sinto odio e estresse to sofrendo muito nao tenho entusiasmo...

entao eu sofro muito desse mal venho sofrendo muito q to num grau muito avançado q to muito depressiva c a auto estima baixissima sou muito extressada tenho muita dificuldade de me expessar dar carinho nao tive uma infancia facil acredito q a timidez vm por culpa da criaçao com certeza pq axo impossivel uma criança q é criada num ambiente armonioso e com muito dinamismo ser timida, pq eu fui criada num ambiente muito extressante sem dialogo so brigas sem carinho q hoje é muito dificil mesmo demonstrar carinho p com as pessoas nao sinto amor ao proximo nao sinto nadinha quando vejo um bebe sinto ate raiva deles nao sinto vontade de ser mae, meu grau de timidez ta tao avançado q nao sinto minha vida nao sinto entutsiasmo pela vida nem pelas pessoas namoro um garoto ja faz um tempo mais nao sinto nada quando o beijo nem um tesao nada, tenho pavor fobia d multidao eu trabalho e todos os dias pego onibus e metro p mim é uma tortura ficar perto de multidao xego ate a chorar, todos os dias p mim é uma luta p tentar viver to muito depressiva e preciso de ajuda o q fazer?

Lelo disse...

Olá amiga!

Espero que possa lhe ajudar de alguma forma, visto que, como você, tive muitos percalços ao longo de minha vida. Mas isso agora não vem ao caso. Vamos cuidar de você, combinados.

Tudo o que você me relatou, em forma de desabafo, deixa claro que você precisa tirar esse peso imenso de suas costas.
Como? Eu sugiro que você leia com muita atenção a página que estou lhe indicando através desse link:
http://www.abrata.org.br/site/depressao/depressao.asp

Copie e cole no seu navegador, leia com bastante atenção, veja que você tem a opção de mudar para melhor sua qualidade de vida, basta seguir as dicas que são dadas por pessoas que, como você, tiveram grande parte de sua vida perdida porque não sabiam que rumo tomar, a quem se dirigir.

Espero, de coração, que você escolha pelo caminho mais ameno, e que possa brevemente estar sorrindo novamente.
Abraços fraternos :)

Anônimo disse...

ONTEM (2/8/10) PERDI O AMOR DA MINHA VIDA POR CAUSA DA MINHA TIMIDEZ. A GENTE FICOU UMA SEMANA E ELA DISSE QUE NAO IRIA DAR CERTO, E EU NAO TIVE NEM CORAGEM DE PERGUNTAR O PORQUE.POR ISSO NAO DEIXE A TIMIDEZ ACABAR COM SUA VIDA!!!!!!

POR FAVOR ME AJUDEM A PERDER A TIMIDEZ E RECONQUISTAR O MEU AMOR!

timideztofora disse...

Olá amigo!

Será que em apenas uma semana (segundo você mesmo relatou) dá para afirmar que alguém é o "amor de sua vida". Será que a razão foi sua timidez, ou talvez o encanto tenha terminado (por parte dela, em relação a você, independentemente da sua timidez).
De qualquer forma, o amor é muito complicado.
Sinceramente, acredito que, se ela sente por você a mesma coisa que você sente em relação a ela, existe sempre a oportunidade de uma reaproximação, uma forma de reconquista.

Acredito também que ela deve ser uma pessoa que frequenta os mesmos lugares que você, portanto as chances de uma aproximação permanecem intactas.
Não deixe a pergunta no ar: chegue na garota, chame-a num local mais tranqulo e converse. Questione-a sobre o porque da desistência por parte dela do relacionamento com você. Mas faça isso de uma maneira leve, sem cobranças.

Lhe digo, amigo, se você mesmo (em carne e osso) não fizer essa pergunta a ela, jamais saberá o porquê. Tome coragem, ou fique na eterna dúvida, pois ninguém poderá fazer isso por você.

Uma coisa mais: mulheres são enigmáticas, misteriosas, e às vezes complicam, involuntariamente,uma relação que poderia fluir para um prazeroso romance. Acontece em muitos casos. Por isso, não fique se culpando.

Bola pra cima! Enfrente esse "leão" e, ao enfrentar cada obstáculo que for lhe aparecendo em seu caminho, estará deixando para trás todo sofrimento que costuma acompanhar as pessoas tímidas e inseguras.
Sorte, amigo!
Abraços

Anônimo disse...

OBRIGADO! AMANHÃ IREI FAZER DE TUDO PARA PELO MENOS AMENIZAR UM POUCO A MINHA VERGONHA,E CRIAR CORAGEM PARA CHEGAR NELA. FICAR SOFRENDO SEM SABER NO QUE EU ERREI NAO DÁ.
QUANDO ALGUNS AMIGOS MEUS CHEGARAM NELA PRA PERGUNTAR, ELA DISSE QUE GOSTA DE CARA QUE TEM ATITUDE E EU COM MEDO (OU ATEMESMO A VERGONHA ME IMPEDIU) DELA ME ACHAR ASANHADO FUI DEVAGAR, MAS QUANDO ELA FOI QUESTIONADA SE AVERIA ALGUMA HIPÓTESE DE RECONCILIAÇAO ELA SORRIU, SEGUNDO MEUS AMIGOS.
MAS DE QUALQUER FORMA MUITO OBRIGADO, COM SUA AJUDA AGORA ESTOU MUITO MAIS CONFIANTE PARA RECONQUISTA-LA
ABRAÇOS !!!

Anônimo disse...

Eu amo uma pessoa há 9 anos nunca tive coragem de chegar até a ele pra falar dos meus sentimento pois sou timída ,isso tem me encomodado bastante. como eu posso vencer essa timidez me ajudem por favor.

Anônimo disse...

Eu conheci um garoto foi paixão a 1 vista eu sou louca por ele sabe o que é pensar na pessoa o dia todo é quando chega a noite ainda sonhar com ele isso acontece comigo ,só em ve-lo meu coração dispara,a minha timidez é tanto que quando eu estou perto dele eu ñ cosingo olhar pra ele, eu disfaco para ele ñ perceber,o meu medo é: que ele encontre uma outra pessoa por ñ saber dos meus sentimento.
será que vc ñ percebe que eu te mo me querido

Lelo disse...

Olá amiga!

Vamos combinar uma coisa?

Pare de Sofrer, por favor
Não há sentido numa vida, se nós não queiramos pelo menos realizar um de nossos maiores sonhos.
Chega uma hora, amiga, que devemos deixar tudo, mas tudo mesmo para trás: o medo de perder, esse é o maior obstáculo que alguma pessoa pode construir para si mesma.

Depois de 9 anos, e nenhuma palavra?!
Espanta-me saber que o rapaz ainda esteja sozinho. Em 9 anos muitas coisas podem ocorrer numa vida, inclusive uma vida inteirinha podem estar contidas nesses longos 9 anos!

Nenhuma palavra, nenhum gesto que pelo menos o deixasse saber que você gostava dele...
Será que isso é amor saudável, ou não será um Platonismo (sofrer de amor, porque a pessoa a quem se ama sequer imagina que você nutre essa paixão em seu coração).

Há muito que refletir amiga.
Enfrente de uma vez por todas seus medos, abra seu coração a ele, mande uma carta, um e-mail, escreva num jornal e mande o texto para ele, grave um vídeo, um CD.... arrume uma maneira de mostrar, enfim, seus sentimentos a quem "tanto se ama".

Ou, infelizmente, correrá o risco de ser uma eterna prisioneira de seu carcereiro: o medo!
Vá e seja feliz!
Viva intensamente sua vida, e para isso ame-se mais, valorize-se mais, respeite-se mais. Assim o fazendo, tudo estará caminhando a seu favor, mas deixe que as pessoas saibam o quanto você ama, sem medos, sem cobranças.

Isso é o amor. Se caso não der certo, ficará a doce lembrança em seu coração, porém não restará mais essa cobrança dentro de seu coração, que a cobra por nada fazer pelo seu amor.

Sem arriscar nada é quase impossível conquistar-se qualquer coisa nesa vida, imagine então um amor!
Pense nisso!
Felicidades :)

Anônimo disse...

oi meu nome é Joice e sou muito timida tento mudar por mim mesma, tento fingir que sou outra pessoa, digo para mim mesma que esta tudo bem que as pessoas nao vao me julgar ou rirem de mim, mas nada funciona nao consigo falar, me tremo fico extremamente ansiosa, esse ano me escrevi no prouni e ganhei uma bolsa integral no curso de psicologia, estou adorando as aulas mas nao consigo interagir tenho vergonha de fazer perguntas, me sinto um peixe fora do aguario, nao consequi fazer amizades ainda, há trabalhos de grupo e nunca tenho nenhum e nem me ofereço a entrar em um grupo, estou me sentindo como se eu fosse a que menos sabe dentro da sala de aula, como se todos já fossem phd em psicologia e eu uma caloura. me de uma luz, voce acha que me obrigar a me colocar em situações que me expõe pode me ajudar u atrapalhar?
me ajuda, tenho uma filha de 8 anos e sinto que minha ansiedade e medo esta a enfluenciando. por favor me responda.
grata

Lelo disse...

Olá amiga,

Legal você ter ganho a bolsa e estar estudando psicologia, assim você conseguirá ter mais ferramentas para seu uso diário.

Você é exatamente o que pensa ser. Sendo assim, não adianta dizer a si mesma que está tudo bem, que as coisas vão melhorar se, na verdade, você não quer de fato que isso aconteça em sua vida.

São necessárias atitudes, à vezes, que nos tiram do nosso "ponto de conforto", local onde nos costumamos nos deixar levar, cercados de todos os cuidados possíveis para que não nos machuquemos. Daí, evita-se qualquer tipo de contato mais demorado.

É minha cara, é necessário mostrar a cara, não dá para querer viver em sociedade se escondendo do outro, de um grupo, etc. É fundamental para seu bem estar dispor-se a enfrentar os seus leões diários, pagar seus micos, quando for sua vez, expor seus erros, mas também muitos acertos. É assim que se modifica algo realmente, e é assim que a coisa funciona.

Não há caminhos alternativos, é pagar para ver, e se livrar o quanto antes dessa dependência de aprovação externa. Seja apenas você, apenas valorize-se mais, essa é a chave do segredo que abre a porta da coragem e da humildade. É preciso urgentemente libertar-se dessas amarras de pensamentos que só te obstruem os caminhos, com determinação mas, sobretudo, com o querer de fato mais qualidade de vida, realizar simples coisas como conversar, por exemplo, fazer amigos, namorar, conviver.

Dê o primeiro passo: queira profundamente que essas mudanças ocorram. Depois, com calma, vá se ajeitando conforme o ambiente. Essa é a melhor dica que posso te oferecer.

Te desejo boa sorte, amiga, de coração.

Lucas disse...

Eu sou extremamente tímido, quando falo com homem até consigo ser um pouco menos, mais quando é mulher eu travo totalmente, não falo com nenhuma, a não ser que ela fale comigo primeiro, mesmo a sim só respondo e o assunto acaba.
Gosto de uma menina faz bastante tempo, mais não tenho coragem de chegar, torço pra ela ter a atitude (sei que não é o correto), mais se ela fizer? Não sei se consigo ir adiante. Mesmo assim, agora vou seguir adiante e enfrenta um medo de cada vez, eu nunca beijei e tenho 17 anos, mais estou decidido a acabar com essa seca!!
Parabéns pelo artigo, ajudo muito, os comentários ainda mais, pois eu vi casos mais graves e não me senti sozinho com minha timidez, obrigado!!

Newton Almeida disse...

Parabéns pelo texto.É um tema sempre atual e que precisa ser abordado para ajudar muita gente.
Eu penso que a timidez tem cura, veja em

http://dinheironaminhaconta.blogspot.com.br/2012/11/timidez-dicas-cura.html

Prosperidade Newton Almeida

Lelo disse...

Obrigado pelo comentário, e fica sua dica de texto.

Boa sorte na vida :-)

Aurelio

Anônimo disse...

oi meu nome é Maicon tenho 21 anos ja fiquei com varias garotas todas eu q tive a iniciativa eu chegava nelas e falava ñ deixava a timides atrapalhar. meu primeiro bjo foi com 10 anos se ñ me engano ultimo com 19 mais ae minha timedes foi aumentando ñ sei pq. hoje eu ñ saiu de casa nem pra festa de fim de ano com familia so fico, em casa sou mt timido as pessoas no meu trabalho falam q sou mt queto .algumas mulheres aq onde trabalho ate puxão assunto comigo mais como ñ consigo me expressar o assunto acaba. quando auguem vem falar comigo começo engolir seco fico bem nervoso algumas vezes fico normal bem tranquilo ate troco uma idea legal com a pessoa mais isso é bem raro. no meu trabalho quando tou no refeitorio sentado algumas vezes começo a tremer pescoço fica duro eu, fico olhando pra pessoas para ver se elas estão me olhando eu ate consigo disfarçar minha timides da uma controlada como ja to acostumado com pessoal ñ é sempre q eu tenho esses tiques nervosos .hoje eu ñ tenho namorada pq fico mt nervoso quando uma mulher vem falar comigo.

Lelo disse...

Olá amigo,

Já pensou em abreviar todo esse sofrimento, procurando um profissional: psicólogo(a) ou psiquiatra?

Sim, porque se algo nos atrapalha tanto a vida e nós não fazemos nada para que isso termine... parece que estamos dispostos a sofrer mais tempo. Aqui, entenda-se sofrimento como solidão, estar sozinho no meio da solidão, sentir-se incomodado na presença de qualquer pessoa, em especial às mulheres.

Veja, se você já conseguiu momentos melhores, porque não fazer um flash back desses momentos para ver onde e como você se controlava?! Pensou nisso?

Muitas das nossas dificuldades, se partilhadas e compartilhadas, podem ser transformadas em conquistas.
Por isso, o fato de falar de algum problema com outra pessoa, trazer alguns benefícios, como os da lembrança de como éramos e de como somos.

Isso, amigo, é uma especialidade do(a) psicólogo(a), que pode te ajudar, fornecendo a você as ferramentas de uso diário para se livrar dessa ansiedade e solidão, que são trazidas pela timidez excessiva.

É questão de por na balança se vale a pena você tentar sozinho superar tudo isso, ou despido de orgulho, pedir ajuda?!

O que se pode fazer por si só é importante, fundamental mas, às vezes, leva muito tempo para se concluir qualquer projeto. Pense nisso!

Boa sorte :-)